Imprimir Compartilhar Enviar por e-mail

ARTIGO: A Importância da Leitura

ARTIGO: A Importância da Leitura

Existem três objetivos distintos para compreender a importância do hábito de ler, são eles: ler por prazer, ler para estudar, ler para informar-se.

 

A leitura é algo crucial para a aprendizagem do ser humano, pois é através dela que podemos enriquecer nosso vocabulário, obter conhecimento, dinamizar o raciocínio e a interpretação. Muitas pessoas dizem não ter paciência para ler um livro, no entanto isso acontece por falta de hábito, pois se a leitura fosse um hábito as pessoas saberiam apreciar uma boa obra literária, por exemplo.

 

Poderia encerrar este artigo por aqui, mas não posso porque na cidade de Manaus, o atual prefeito, Artur Neto, anda na contramão de tudo que aqui foi exposto, pois uma biblioteca que facilitaria ou estimularia a prática da leitura na cidade, hoje encontra-se fechada, abandonada sem previsão de ser terminada. A biblioteca a qual refiro-me é a biblioteca municipal, localizada na Rua Monsenhor Coutinho, Praça do Congresso – Centro.

 

Muitos foram os alunos que por ali passaram, utilizaram-se da Biblioteca Municipal, esta mesma que contribuiu para que milhares pudessem chegar a universidade, hoje padece do descaso do poder público municipal, que segundo dados publicados pelo Portal da Transparência, a Prefeitura gastou, em 2013, R$ 50.867,720,24, em publicidade e, em 2014, gastou R$ 67.432,129,88, perfazendo um total de R$ 118. 299.850,12, isto mostra o fiasco da administração do atual prefeito que não é mostrado pela meios de comunicação, explicado pelo alto investimento da sua administração em propaganda.

 

Ora, o prefeito foi eleito prometendo resolver todos os problemas de Manaus: na área da educação, prometeu resolver o acesso à informação, dando um computador para cada aluno da rede pública; na área da iluminação pública, prometeu trocar os postes arruinados da cidade por postes novos em acrílico, prometeu organizar o transporte coletivo, investir em projetos de mobilidade urbana, entre outras promessas do gênero, nada disso se viu e a mídia local comeu abiu.

 

Mas vamos para a questão da leitura, que tornaria nossos alunos exímios escritores, a leitura que possibilita o descobrimento de um mundo novo, cheio de coisas desconhecidas. Hoje nossos alunos das escolas do centro não podem fazer uso desse direito, pois uma das mais  importantes biblioteca da cidade encontra-se desativada e sem previsão de ser reativada.

 

Por fim, Senhor Prefeito “Manaus não Mudou” como a farsa de sua propaganda afirma ter mudado, a cidade do futuro anda a beira do caos, o trânsito piorou e muito e nenhuma obra representativa do que se pode chamar de modernidade recebeu investimentos da Prefeitura. Tenha mais respeito pela educação cumpra suas promessas de campanha reative a nossa tão querida Biblioteca Municipal para que nossos alunos possam desfrutar do prazer da leitura e assim cresçam adultos cultos.

 

Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção...” (Paulo Freire).

------------------------------

Odirlei Araújo é Bacharel em Ciências Econômicas, presidente da AEPOL e Vice-Presidente do SINPOL-AM.

 

 

Comentários »


Enviar comentário




Lida 880 vezes