Imprimir Compartilhar Enviar por e-mail

Delegacia de Homicídios prende assassinos de Goleiro

Delegacia de Homicídios prende assassinos de Goleiro

Delegados e investigadores prendem mandante e executor de assassinato.
 
Os Delegados Adjuntos da Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), Raphael Campos e Gerson Oliveira comandaram as investigações e na tarde desta quarta-feira-27, juntamente com uma equipe de investigadores, prenderam o autônomo, Gelson da Costa Amaral, 48 anos, que também atende pelo apelido de “Careca” e seu comparsa, Walderlan Arsênio de Melo, o “Val”, diretamente envolvidos no assassinato do jogador de futebol, Paulo Christian Bezerra Silva, 26, na noite do dia 15 de dezembro do ano passado, no bairro Vila da Prata (Zona Oeste).
 
Delegado Raphael Campos
 
Segundo informaram os delegados à Assessoria de Imprensa do SINPOL-AM, o crime foi motivado por uma rixa pessoal de “Val” com Paulo Chirstian, que jogava futebol na posição de goleiro e numa final de campeonato de seu time  contra o time do acusado, defendeu um pênalti que tirou impediu o time do acusado de consagrar-se campeão da competição. Houve troca de agressões e ameaças partidas de “Val” ao goleiro neste mesmo dia, e, posteriormente ele contratou Gelson “Careca”, para matar Paulo Christian, que levou vários tiros e faleceu ainda no local do crime.
 
Wanderlan (Val) mandante do crime
 
MANDADOS DE PRISÃO E BUSCA E APREENSÃO CUMPRIDOS
Os mandados de prisão e busca e apreensão, segundo explicaram os delegados, Raphael Campos e Gerson Oliveira, foram expedidos pela juíza Patrícia de Campos, plantonista da 3ª Vara do Tribunal do Júri e foram cumpridos nos endereços dos dois acusados indiciados por homicídio doloso.
 
Gelson “Careca” o executor
 
A ação foi desencadeada por volta das 6-00 (seis horas) e teve por finalidade cumprir quatro mandados, sendo dois de busca e apreensão e dois de prisão preventiva expedidos no último dia 7 de março pela juíza Patrícia Macedo de Campos da 3ª Vara do Tribunal do Júri. “Val” e “Careca” foram levados ao Instituto Médico Legal para exames de corpo de delito e em seguida encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde vão ficar a disposição da Justiça do Estado.
 
Administração – Por um SINPOL Forte
Presidente – Moacir Maia
Assessor de Imprensa – Almir Cardoso
Registro Profissional nº 747 (SRTE-AM)
 

Comentários »


Enviar comentário




Lida 1557 vezes