Imprimir Compartilhar Enviar por e-mail

DELEGACIA DE HOMICÍDIOS

DELEGACIA DE HOMICÍDIOS

 

 

 

 

O Delegado Paulo Martins, titular da Delegacia Especializada de Homicídios e Seqüestros, vem realmente mostrando que já acabou o tempo em que autor de assassinato em Manaus, desfrutava  de impunidade ou ficava rindo da cara dos familiares de suas vítimas e dizendo que nada ia lhe acontecer porque nunca iria para a cadeia.
 
Com equipes de investigadores experientes, altamente qualificados e treinados para missões em que precisam muitas vezes, descobrir desde a autoria do homicídio, o Delegado titular sabe que está comandando uma das principais especializadas da Polícia Civil do Amazonas e o número de inquéritos, autos de flagrantes e indiciamentos, não deixa dúvidas do bom trabalho que vem sendo realizado pela DEHS.
 
Delegado Paulo Martins e delegado Gerson Oliveira
comandaram prisão de mais um acusado de homicídio
 
O delegado Paulo Martins aproveita a homenagem do SINPOL-AM para agradecer a parceria e o bom trabalho que também vem sendo realizado pelos delegados adjuntos da DEHS, sem os quais, salienta o titular, não seria possível a retirada de circulação desse elevado número de prisões e rede assassinos frios e calculistas.
 

 

DELEGADOS ADJUNTOS TAMBÉM ESTÃO DE PARABÉNS
 
Atuam com o titular na DEHS, os delegados adjuntos  Rafael Campos, Deborah Mafra, Geórgia Cavalcanti e delegado Gerson Oliveira, um time realmente “nota Dez” que faz da Delegacia Especializada de Homicídios e Seqüestros, uma das mais atuantes unidades da Polícia Civil do Amazonas.
 
Delegado Rafael Campos
 
Segundo o chefe de investigação, André Luiz “é aí que está o total apoio que vem sendo dado pelo delegado geral, Josué Rocha de Freitas e pela cúpula da Secretaria de Segurança Pública, comandada pelo coronel Paulo Roberto Vital”. Numa delegacia onde a equipe de delegados e a equipe de investigadores e escrivães, realmente mostram um bom índice de atuação através das estatísticas de prisões e outros procedimentos, não pode nunca deixar de merecer o apoio da cúpula da Delegacia Geral e da SSP/AM.
 
HOMICIDAS FRIOS E CALCULISTAS JÁ ESTÃO NA CADEIA
 
 
Francisco Diego tem pelo menos duas dezenas de mortes nas costas,
Janderson Oliveira Jabuti, matou cunhada e mais duas pessoas.
 
 

Somente nas duas primeiras semanas deste mês de fevereiro a Delegacia de Homicídios mandou para a cadeia autores perigos de assassinatos, que pela crueldade, causaram comoção pública, como são os casos dos irmãos  “Diego” e Jeanderson, “Thiaguinho” e “Thiago Alemão”, que fizeram vítimas nas Zonas Norte, Oeste e Zona Leste de Manaus.
 

O titular e delegada Geórgia Cavalcanti
 
Na entrevista concedida à Assessoria de Imprensa do SINPOL-AM, o delegado Paulo Martins, deixou claro que tem a seu lado bons delegados adjuntos, investigadores, a equipe de escrivães e enfim, também motoristas e assistentes administrativos que diariamente, movimentam e atendem com rapidez e eficiência a população. Crime de homicídio nenhum fica sem a instauração de inquérito, investigação e encaminhamento para o Ministério Público e Justiça, em tempo hábil, o que mostra a competência de cada servidor da DEHS.
 
Além da prisão de Dieguinho e de um comparsa, armas,
muita munição e drogas também foram apreendidas pelos policiais da DEHS
 
Delegado diz que DH vai continuar
Firme e forte no combate ao crime
 
“Vamos continuar nosso trabalho assim. Esperamos que o índice de homicídios em Manaus esteja sempre em queda, mas infelizmente, se a fatalidade acontecer, a Delegacia de Homicídios vai estar nas ruas cumprindo com seu papel dentro da competência policial. Agradeço a diretoria do SINPOL-AM, ao seu presidente Moacir Maia e a todas as autoridades judiciárias e de outros órgãos, que nos apóiam e parabenizam nosso trabalho que é árduo, difícil, mas que estamos cumprindo com seriedade e respeito”, finalizou o delegado titular da DEHS, Paulo Martins.
 
DIRETORIA DO SINPOL TAMBÉM EXPRESSA SEU AGRADECIMENTO
 
 A diretoria do SINPOL-AM, tem a honra de parabenizar e agradece o grande trabalho que vem sendo desempenhado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Seqüestros (DEHS).
 
Aos delegados, investigadores, escrivães e demais membros da equipe, o agradecimento desta entidade sindical que é representante legítima da categoria, pelas relevantes atuações de combate ao crime, em que o autor de assassinato, é levado às barras da lei para pagar pela maldade cometida.
 
O SINPOL-AM, através de seu presidente, Moacir Maia de Freitas, também agradece em nome da sociedade que vê a Justiça acontecer através da brilhante atuação desta Delegacia Especializada da Polícia Civil do Amazonas.
 
Administração – Por um SINPOL Forte
Presidente – Moacir Maia de Freitas
Assessor de Imprensa – Almir Cardoso
Jornalista – Registro Profissional nº 747(SRTE-AM)
 

Comentários »


Enviar comentário




Lida 3875 vezes