Imprimir Compartilhar Enviar por e-mail

Investigação Criminal - É Preciso Modernizar

Investigação Criminal - É Preciso Modernizar

O Inquérito Policial não mais serve como instrumento de investigação criminal eficiente frente à evolução da criminalidade moderna. É preciso modernizar o modelo de investigação criminal urgentemente.
 
A 11ª edição da revista FATO TÍPICO, publicação oficial do Núcleo de Persecução Criminal do MPF/GO – é dedicada à investigação criminal.
Sempre que puder indicaremos algum livro, revista ou artigo sobre o tema. Para quem se interessa pelo tema, recomendo a leitura.
 
A revista traz alguns números dos resultados das investigações criminais no Brasil. De acordo com o coordenador pedagógico do evento, o procurador da República Daniel de Resende Salgado, apenas cerca de 30% dos crimes são solucionados por meio dos inquéritos policiais federais. Esse número é menor ainda quando se trata da média nacional de elucidação de homicídios, com apenas 8% dos casos resolvidos, segundo dados da ENASP (Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública).
 
Ao apresentar uma síntese dos principais pontos debatidos durante o Simpósio, a revista também aborda o sistema de investigação criminal visto pelo Direito Comparado, bem como os principais argumentos sustentados por aqueles que objetivam monopolizar o poder de investigação e pelos que são a favor do fortalecimento da atuação inclusiva e cooperativa dos órgãos de investigação.
 
Com 20 páginas e tiragem de 1.500 exemplares, o periódico é resultado de uma compilação das palestras que compuseram o simpósio “Sistemas de Investigação Criminal”, que ocorreu no dia 25 de junho de 2013, em Brasília, promovido pela Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU).  
 
Boa leitura!
 www.prgo.mpf.mp.br/criminal-e-controle-externo-da-atividade-policial/noticias/1799-inquerito-policial-encontra-se-falido-revela-revista-fato-tipico.html

Comentários »


Enviar comentário




Lida 710 vezes