Imprimir Compartilhar Enviar por e-mail

NOTA DE ESCLARECIMENTO – NOTAS FALSAS

NOTA DE ESCLARECIMENTO – NOTAS FALSAS


O Sindicato dos Funcionários da Policia Civil do Estado do Amazonas, SINPOL-AM, em nome de seu Diretor-Presidente, senhor Moacir Maia, vem a público esclarecer os fatos surgidos no dia de hoje na rede social WHATSAPP, envolvendo seu nome, do Presidente SINTEAM, senhor Marcus Libório e de autoridades do Governo do Estado e da Policia Militar.


É fato que esteve sendo divulgado e circulando via whatsapp uma suposta conversa em um grupo inexistente (forjado) com o nome de PRESIDENTES DE SINDICATOS, onde aparecem de forma grosseira, primária e ignorante, os nomes mal escritos de Moacir, Libório, Zaidan e Aufiero. O conteúdo da suposta conversa postada no suposto grupo tenta passar a ideia de que o Presidente do SINPOL-AM faz citações de nomes de oficiais e praças da Policia Militar e de forma demeritória. Tenta ainda passar a ideia de que o senhor Zaidan atua como centro mediador da conversa. Que o senhor Aufiero emite juízo de valor em relação aos funcionários públicos e que de forma altiva, diz ao senhor Zaidan que seu cargo está a disposição.


A conversa forjada insinua ainda que o senhor Zaidan afirma ao senhor Libório, tratado como Doutor no suposto grupo, que o ERON já conseguiu sua secretaria e tem deste como resposta que foi difícil conter a massa de professores e que só foi possível convence-los da razão do Governo por conta de sua cisão classista. Tentou-se ainda insinuar que o senhor Moacir afirmava que toda a Polícia Civil está contente com as ações do governo do Estado, inclusive sua família.


São inúmeros e gritantes os erros cometidos pelos elementos criminosos que ora tentaram e atentaram contra a integridade moral das instituições e pessoas citadas. São grosseiras suas insinuações, assim como, a forma de tentar causar prejuízos às pessoas e instituições de ilibado caráter moral e social. Pois fiquem cientes estes criminosos que neste momento as autoridades competentes já têm informações de onde e de quem partiu tais ações, e que os mesmos responderão perante a justiça e a sociedade por sua estupidez, por sua insanidade moral e pelo insulto cometido a cada cidadão e instituição citados no grupo forjado.


Observamos por fim, que o senhor Moacir Maia, Presidente do SINPOL-AM, não escreve e nem se expressa da forma ali posta, e ainda; o mesmo não mantém conversas de caráter pessoal ou profissional com as autoridades do Governo do Estado via whatsapp e em qualquer momento, mesmo em ambiente particular, jamais fez referências demeritórias aos companheiros da Policia Militar em qualquer graduação ou posto.


Dessa forma, nos resta deixar claro aos companheiros da Policia Civil, da Policia Militar, ao Sindicato da Educação, aos senhores secretários de governo e a sociedade amazonense, que as supostas conversas divulgadas em notas e grupos forjados são falsas e jamais refletiriam nosso pensamento ou comportamento; pois somos homens e cidadãos de bem. Quanto aos criminosos que cometeram estes atos, estejam certos de que a impunidade nunca será seu prêmio. Isto prometemos e por isto trabalharemos. Dignidade já.





Manaus, 04 de junho de 2015

 



 

 

Moacir Maia de Freitas

Presidente do SINPOL-AM

 

 

Comentários »


Enviar comentário




Lida 1152 vezes