Imprimir Compartilhar Enviar por e-mail

Nota de repúdio – Agressão a PC

Nota de repúdio – Agressão a PC

 O Sindicato dos Funcionários da Policia Civil do Estado do Amazonas, SINPOL-AM, vem por esta destacar o respeito e o reconhecimento do trabalho e da importância da instituição Policia Militar. Temos em nossos irmãos de caminhada da Policia Militar o mais alto grau de apreço e respeito, porém, fatos isolados de natureza estúpida e truculenta têm ocorrido por parte de alguns membros da corporação despreparados e indignos de usarem sua farda e seu nome.

 

Somente este ano de 2014, fatos envolvendo agressão a Policiais Civis, Jornalistas e cidadãos comuns vêm se sucedendo partindo dos referidos Policiais Militares que estão comprometendo o honrado nome e a imagem desta valorosa instituição. Na madrugada do ultimo dia 12 do corrente, aconteceu fato de abuso de autoridade contra o Policial Civil SILVIO DO NASCIMENTO PEREIRA,cometido pelos Policiais Militares DIEGO WILLIAN AZEVEDO BRAGA e RHERONDY ARANHA SOUZA da 24º CICOM, estavam os mesmos na viatura PM 25-6354.

 

Nosso companheiro foi agredido com palavras torpes, fisicamente, colocado na gaiola da viatura e ameaçado e humilhado, isso tudo após ter sido abordado na casa de amigos seus onde funciona um bar e o estabelecimento já estava fechado, ter ouvido que seu documento de identidade funcional não valia ‘MERDA’ e os mesmos ainda procurarem a imprensa para se dizerem vitimas do PC. Fica a pergunta: o que pode fazer um homem desarmado contra dois PM’s armados e alterados?

 

Agrediram membros da nossa categoria, a qual defendemos veementemente e não permitimos ou permitiremos que algum mal se lhes faça; razão desta nota contra os atos insanos cometidos pela guarnição e replicados pela imprensa local que cometeram contra nosso companheiro; um trabalhador da Segurança Pública, um pai de família, um cidadão de bem.

 

Fatos expostos; reiteramos nosso elevado respeito e apreço pela Valorosa Policia Militar e seus membros, observando, portanto, que pediremos providencias a Secretaria de Segurança, ao Ministério Público Estadual, ao Comando da Policia Militar e estaremos junto a imprensa local esclarecendo a verdade dos fatos para que pessoas de má índole não continuem comprometendo o honrado nome de nossa co-irmã e traindo a confiança da nossa sociedade.

 

 

Manaus, 14 de dezembro de 2014

 

A Diretoria

Comentários »


Enviar comentário




Lida 949 vezes