Imprimir Compartilhar Enviar por e-mail

Nota de Solidariedade – Gustavo Sotero

Nota de Solidariedade – Gustavo Sotero
                    
 
O Sindicato dos Funcionários da Policia Civil do Estado do Amazonas – SINPOL vem a público prestar solidariedade ao Delegado Gustavo Sotero envolvido em um acidente de transito sem vitimas na madrugada da ultima quinta-feira 13. Nosso companheiro explicou que as informações prestadas pelos agentes da Policia Militar não correspondiam aos fatos e que em nenhum momento agrediu verbalmente o empresário envolvido na questão, afirmou ainda que o mesmo acionou a Policia Militar acusando-o de estar alterado.
 
Observamos que o vídeo que ganhou destaque é o enviado por um agente da Policia Militar e que nas imagens capturadas mostra-se somente a reação do Delegado, sem, no entanto, mostrar os momentos que antecederam tal reação. Dessa forma, não poderíamos ficar omissos vendo um valoroso companheiro, defensor da sociedade, que dispõe de sua vida social, seus familiares e amigos em Manaus para servir a coletividade do distante e menosprezado município de São Gabriel da Cachoeira, enfrentando diariamente as dificuldades e desafios gigantescos que se apresentam, ainda mais por se tratar de faixa de fronteira, pouco habitada e repleta de conflitos internos e constantemente ameaçada por conflitos externos.
 
Nosso companheiro foi constrangido, desacatado como autoridade policial e como cidadão. Se em algum momento houve excesso, o mesmo foi antes provocado. Gustavo Sotero tem o aval do povo de São Gabriel d Cachoeira e nós jamais permitiremos que nosso valoroso companheiro tenha sua reputação desmerecida ante a sociedade por conta de um acidente que culminou em confusão maior. Lembramos também aos policiais militares que cometeram abusos contra o nosso companheiro, que quando entenderem de deter ou prender qualquer membro de nossa corporação POLICIA CIVIL, antes comuniquem a Delegacia de área para que esses mal-entendidos não se repitam e o respeito que temos por nossos companheiros de luta diária não seja maculado.
 
Pedimos também aos amigos da imprensa mais uma vez que dêem oportunidade de pronunciamento quando houver qualquer ocorrência que envolva um policial civil, garantindo dessa forma o fundamento basilar da imprensa brasileira: OUVIR SEMPRE OS DOIS LADOS, para que injustiças não sejam cometidas e a opinião publica não seja direcionada contra quem não deve.
 
Por fim, reafirmamos que não co-habitamos com a injustiça e que se em alguma ocasião algum de nossos companheiros cometer falhas contra a sociedade que nos sustenta, somos bastante maduros e temos senso de justiça para juntamente com os poderes constituídos pedirmos reparação de danos. Porém, no caso em questão, mantemos nossa posição solidária ao companheiro GUSTAVO SOTERO por entender que o mesmo está sofrendo ataques sem ter-lhe sido dado o direito de defesa. O SINPOL é a nossa casa, a Policia Civil é nossa família e a sociedade é nossa mãe.
 
Veja o outro lado da história.
 Acesse o link abaixo 
http://videosdoportaldozacarias.com/site/?p=467
 
 
Mas, se ergues da justiça a clava forte, Verás que um filho teu não foge à luta.
 

Manaus, 14 de fevereiro de 2014
A DIRETORIA

Comentários »


Enviar comentário




Lida 1428 vezes