Imprimir Compartilhar Enviar por e-mail

O Centro de Estudos do Comportamento Criminal com apoio do SINPOL oferece o Curso: A análise comportamental da cena do crime

  O Centro de Estudos do Comportamento Criminal com apoio do SINPOL  oferece o Curso: A análise comportamental da cena do crime

 

O Centro de Estudos do Comportamento Criminal – CECCRIM, em parceira com o SINPOL, SESEP, IESP e Ministério Publico do Estado do Amazonas realiza a partir deste mês de junho do corrente o curso: A análise comportamental da cena do crime, tendo como público alvo, Policiais Civis Sindicalizados ao SINPOL.
 
O Curso terá duração de 70 horas, divididas em sete módulos, sendo os dois primeiros ministrados neste mês de junho entre os dias 20 e 21, 27 e 28 no horário de 13:00 as 18:00 no auditório do MPE, sito a Avenida Coronel Teixeira, nº 7995 – Ponta Negra.
 
Observamos que neste primeiro evento não será cobrada taxa de participação e serão oferecidas somente 80 vagas dividas entre: Delegados 10, Peritos 15, Investigadores 25, Escrivães 05. As inscrições estão abertas até o dia 15 de junho de 2014.
 
Curso A análise comportamental da cena do crime
 
Objetivo
 
Proporcionar conhecimento técnico científico para auxiliar profissionais da polícia Civil, na elucidação de crimes de natureza patológica, bem como, o entendimento da estrutura comportamental apresentada na cena do crime.
 

Carga Horária

 
70 horas (07 módulos)
 
Conteúdo programático
 
1- Comportamento Criminal - Suas possíveis causas biológicas e comportamentais dentro do processo evolutivo;
 
2- Relação do comportamento – patológico ou não – com o ambiente e área geográfica;
 
3- Relação das características comportamentais com a cena do crime (Existe relação da estrutura comportamental individual com a cena do crime? É possível o criminoso deixar um 'DNA psicológico'?);
 
4- Dialogando com os mortos (Quais características devem ser observadas no corpo para identificar o perfil comportamental do agressor);
 
5- Diferenciação de crimes passionais, sexuais e de psicopatas (Quais características comportamentais de cada grupo criminal e quais as motivações apresentadas) ;
 
6- Quem é o psicopata e qual sua real natureza na cena do crime (Entendimento da formação de personalidade -neurológica e psicológica – do psicopata);
 
7- Quem é o psicopata no dia a dia, Quais os traços e ações comportamentais que o psicopata manifesta com as demais pessoas; é possível identificar? Existem características específicas no ambiente em que mora e nos objetos que possui?);
 
8- Crimes Patológicos (Entendimento da relação da psicose e dos transtornos da personalidade na violência e no crime);
 
9- Entrevistando suspeitos (Como o entendimento do comportamento na cena do crime pode definir o perfil do autor  para auxiliar estratégias de entrevistas);
 
10- Análise de micro expressões em suspeitos (Como perceber a linguagem corporal – como a mentira – durante a investigação de suspeitos?);
 
11- Indo atrás de suspeitos (O que e onde se deve procurar? Na casa e/ou ambiente de trabalho de suspeitos);
 
12- Zona de conforto dos crimes em série - sexuais e homicídio. (É possível relacionar uma área geográfica de busca e investigação a partir do levantamento do perfil do criminoso na cena do crime?);
 
13- Rituais, Modus operandi e Assinaturas. (Existem características psicológicas realizadas consciente e/ou inconscientemente pelo autor na cena do crime?)
 
14- Investigação e ciência comportamental (Como a criminologia comportamental pode apresentar evidências científicas na prática);
 
15- Criminalística e Criminologia na cena do crime. (Como elas se combinam e qual o papel de cada uma na investigação física e comportamental);
 
16-  Protocolo comportamental na cena do crime. (Apresentação de protocolo de análise comportamental da cena do crime para construção de banco de dados; suas vantagens e importância prática).
 
 
Critérios de Seleção
 
1o Estar associado/sindicalizado ao SINPOL;
 
2o Serão priorizados os profissionais que possuem perfil, bem como desempenham cargo/função afim ao desenvolvimento do trabalho;
 
3o Será priorizada a distribuição homogênea de vagas entre as diversas Delegacias/Institutos, desde que de acordo com os itens 1º e 2°;
 
4o Os candidatos selecionados deverão assinar Carta de Cooperação com o levantamento de dados ao longo do desenvolvimento do projeto.
 
Coordenador: Professor Mestre ILTON SOARES, Perito Criminal PC-AM
 
Inscrições:  http://goo.gl/tmtpbx
 
Assessoria de Comunicação e imprensa
Almir Cardoso e Silvio Caldas – Jornalistas profissionais
 
 

 

 

Comentários »


Enviar comentário




Lida 1490 vezes