Imprimir Compartilhar Enviar por e-mail

Polícia Civil divulga Quadro de Promoção de Servidores 2014 relativo à Fase Recursal

Polícia Civil divulga Quadro de Promoção de Servidores 2014 relativo à Fase Recursal

 A Polícia Civil do Amazonas, por meio da Comissão Permanente de Progressão Funcional, divulga o resultado final, da fase recursal, processo de promoção dos servidores da instituição, em atenção à determinação do Delegado Geral em exercício, Mário Jumbo Miranda Aufiero. Os servidores foram pontuados pelas atividades exercidas durante o período de um ano, que vai de fevereiro de 2013 a fevereiro de 2014, e ainda avaliados por critérios de merecimento e antiguidade nos quadros de pessoal, ambos previstos na Lei das Promoções  do órgão de polícia, nº 2.235 de 30 de julho de 1993.

 

Também são consideradas na tomada de decisão a Lei nº 2.271 de 10 de janeiro de 1994, sobre o Estatuto do Policial Civil do Estado do Amazonas e a Lei nº 2.2875, de 25 de março de 2004, que institui o plano de cargos, carreiras e renumeração dos servidores.

 

Conforme o vice-presidente da Comissão Permanente de Progressão Funcional, Delegado Klemilson Melo, as promoções têm por finalidade estabelecer o interesse do funcionário pelo serviço prestado, motivar a instituição à profissionalização, selecionar os melhores profissionais e propiciar a igualdade nas oportunidades de crescimento. A apuração do tempo de serviço acontece pela contabilização do tempo de trabalho efetivo do servidor na instituição, contado em dias corridos, a partir do primeiro dia de exercício no cargo exercido.

 

O presidente explicou ainda que na apuração por merecimento são levados em conta, por meio de ficha avaliativa, alguns fatores como iniciativa, capacitação profissional, espírito crítico, sociabilidade, comunicação, assiduidade, organização, dedicação, criatividade e responsabilidade. “Os fatores são avaliados pelos chefes imediatos de cada setor, que analisam a conduta do servidor na função policial. Os questionários são recebidos pela Comissão, vindos de delegacias tanto da capital quanto do interior, e são processados, classificando os servidores entre os que têm mais tempo de serviço e os que obtêm maior nota na avaliação, preenchendo assim as vagas existentes”, pontuou.

 

A portaria orienta ainda que, elogios preencham rigorosamente os requisitos que traduzam a excepcionalidade, transcendência, risco pessoal e relevância, somados aos cursos realizados pelo servidor, como seminários, simpósios ou conclaves, com carga inferior a cem horas de atividades e pertinentes à atividade policial, também são avaliados pela comissão permanente de progressão funcional.

 

Ainda na fase instrutiva do processo de promoção, o Delegado Geral de Polícia Civil do Amazonas, Josué Rocha, ressaltou a importância e o reflexo para o trabalho desempenhado pelos servidores. “No início da nossa gestão foi criada a Comissão Permanente de Progressão Funcional, tendo por objetivo valorizar o servidor e motivá-lo. Acredito que estamos dando um passo importante na Polícia Civil a partir desta iniciativa. Isso demonstra a preocupação da instituição com a qualidade de vida do seu time de profissionais”, destacou.

 

A abertura do processo de promoção aconteceu no mês de julho deste ano e teve um período de 15 dias disponíveis para a Fase Recursal do projeto e a partir da publicação no Diário Oficial do Estado (DOE), quase mil servidores da instituição entre Delegados, Investigadores e Escrivães de Polícia serão beneficiados.

 

Em não havendo possibilidades de copiar os links com as listas, pedimos aos interessados que acessem o link: http://www.policiacivil.am.gov.br/noticia/id/3138/  para conferir as listas.

 

 

Administração – Por um SINPOL Forte

Presidente – Moacir Maia de Freitas

Secretário Geral – Renato Bessa

Assessoria de Comunicação e Imprensa:

Almir Cardoso e Silvio Caldas

 

 

Comentários »


Enviar comentário




Lida 1945 vezes