Imprimir Compartilhar Enviar por e-mail

Sindevam marca para o dia 4 assembléia que decidirá sobre paralisação de vigilantes

Sindevam marca para o dia 4 assembléia que decidirá sobre paralisação de vigilantes

 O Sindicato dos Vigilantes do Amazonas (Sindevam) vai realizar, no próximo dia 4 de fevereiro, uma assembleia  para decidir uma possível paralisação geral da categoria. Segundo o presidente do Sindevam, Valderli Bernardo, caso os trabalhadores decidam cruzar os braços, as agências bancárias podem ficar sem segurança durante o período de Carnaval.

 

No dia 9 deste mês, aproximadamente 200 trabalhadores da categoria realizaram uma manifestação na avenida 7 de Setembro, no Centro, onde reivindicaram melhorias trabalhistas que não foram aprovadas pelo sindicato patronal.

 

“Tivemos uma reunião nesta terça-feira (27), onde a nossa proposta de reajuste salarial de 8,80% não foi aceito pelo sindicato patronal e nem o aumento no ticket alimentação para R$ 18. Não vamos aceitar um não e queremos que o reajuste aconteça. Caso não aceitem nossa proposta vai haver greve”, disse.

 

De acordo com Bernardo, o sindicato patronal ofereceu apenas 7,5% de reajuste salarial e um ticket alimentação de R$ 14,50, o que não agradou os trabalhadores. “Nós não vamos aceitar. Se eles não tiverem bom senso, vamos fazer greve geral no período do Carnaval. A população já vai sofrer com as agencias fechadas nos dias de feriado e com a greve a situação vai piorar”, destacou.

 

O sindicalista ainda informou que pelo menos mil vigilantes podem aderir à paralisação.

 

 

Com informações de Michele Freitas (equipe Jornal Agora)

 

 

Administração: Unidos para Avançar

Presidente: Moacir Maia

Diretor de Comunicação: Geraldo Filho

Assessores: Almir Cardoso e Silvio Caldas

 

Comentários »


Enviar comentário




Lida 917 vezes